Aguarde, carregando...

Aguarde, carregando...

Arara-vermelha em risco de extinção é resgatada em São Cristóvão

Arara-vermelha em risco de extinção é resgatada em São Cristóvão

Uma arara-vermelha (Ara Chloropterus), animal em risco de extinção na fauna brasileira, foi resgatada em uma chácara no povoado de Aningas, município de São Cristóvão. A ave nativa das florestas do Brasil estava há 10 anos em cativeiro. De acordo com os relatos da Equipe da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), o animal adulto encontrava-se em condições saudáveis e a ação externa compreende uma ação voluntária feita pelo antigo dono. Após a análise minuciosa, o bicho foi encaminhado para ser solto em área de reserva ambiental.

Na ação de fiscalização a equipe da Adema resgatou, ainda, outros animais nos últimos dias. No bairro Jardim Centenário, também no povoado de Aningas, foi encontrada uma Coruja Suindara (Tyto Furcata). A ave estava debilitada e foi encaminhado para tratamento de acordo com a necessidade da espécie.

Já na Zona de Expansão da capital, no bairro Aruana, um frango-d’água-azul (Porphyrio martinicus), ave aquática jovem da família dos ralídeos, foi resgatado. A espécie não é comumente encontrada em Sergipe, apenas durante o inverno quando ele foge do frio da região Sul. Saudável, o bicho foi encaminhado à soltura em área, também, de reserva ambiental. Na Rodovia dos Náufragos, ainda na Zona de Expansão, uma jiboia-constritora (Boa-constritora), foi encontrada pelos moradores. O réptil tem sido encontrado muito frequentemente pela população na zona urbana durante o inverno, devido a intensidade das chuvas. O animal estava saudável e foi encaminhado para soltura.

A Adema explica à população que se encontrar algum animal silvestre deve entrar em contato como órgão, pelo telefone (79) 99191-5535. Em casos mais complexos, também é possível ligar para o sistema de plantão de resgate e capturas de animais silvestres, que atende às denúncias de criação ilegal, em cativeiro, desses animais, os telefones são: (79) 3198-7191 (geral), plantão de resgate de fauna (79) 98819-7558 e (79) 3198-7150.

Fonte: Sedurbs

Compartilhar Publicação