Aguarde, carregando...

Aguarde, carregando...

Capes e MEC lançam curso de produção textual para professores

Capes e MEC lançam curso de produção textual para professores

Para ampliar o repertório de professores do 2º ao 5º ano do ensino fundamental, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Secretaria de Alfabetização (Sealf), do Ministério da Educação (MEC), lançaram o curso gratuito de produção de texto. Interessados já podem se inscrever, exclusivamente, pela plataforma virtual Avamec.

A capacitação tem 120 horas de duração e é dividida em 12 módulos que abordam temas como comunicação e atuação, interpretação de fatos: causa e efeito, assunto e conclusão, manipulando notícias, entre outros.

O curso integra o programa Tempo de Aprender, da Secretaria de Alfabetização, e é umas das ações que correspondem à execução da Política Nacional de Alfabetização (PNA), instituída pelo Decreto nº 9.765, de 2019, que elenca a produção de escrita como um dos seis componentes essenciais da alfabetização.

Entre os conteúdos programáticos constam atividades sobre o emprego correto da pontuação, conjugação de verbos, concordância, regência, conjunções e locuções, entre outras regras de gramática fundamentais para a compreensão, interpretação e redação.

“A CAPES apoia essa iniciativa que estimula a capacitação dos professores e refletirá diretamente na melhoria da alfabetização das nossas crianças. A parceria tem como objetivo a promoção de políticas públicas educacionais de qualidade, um dos compromissos firmados pelo governo federal em prol da educação brasileira”, explica Benedito Aguiar, presidente da Fundação.

Outras plataformas de cursos gratuitos

Profissionais interessados em melhorar o seu currículo também podem encontrar outras oportunidades gratuitas em diferentes plataformas de cursos on-line. O programa de incentivo educacional Educa Mais Brasil criou uma página só com indicações de sites que ofertam cursos gratuitos de distintas áreas a distância. Os cursos são uma forma de ampliar os conhecimentos e melhorar o currículo para o mercado profissional.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Compartilhar Publicação