INSS: agências de Capela, Tobias e Itabaiana continuam fechadas

O diretor-executivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Sergipe, Raimundo Brito, confirmou nesta quarta-feira, 13, que as agências dos municípios de Capela, Tobias Barreto, e Itabaiana ainda permanecem fechadas para o atendimento presencial.

Ainda de acordo com Raimundo Brito, as unidades do INSS nessas cidades continuam sem atender o público porque todos os servidores fazem parte de algum grupo de risco do novo coronavírus (Covid-19). “Mas é bom salientar que mesmo sem atender à população muitos estão trabalhando de maneira remota para dar seguimento as solicitações dos segurados”, diz Brito.

O diretor-executivo do INSS em Sergipe diz ainda que os segurados dessas localidades podem utilizar os canais remotos de comunicação para realizar alguns serviços importantes. “Através através do portal ‘Meu INSS‘ (disponível também na versão de aplicativo) o segurado pode realizar todos os serviços da Seguridade Social. Além disso, há o telefone 135, que é bastante útil”, destaca Raimundo.

Caso a demanda do segurado não seja possível ser realizada através desses canais de atendimento, Raimundo orienta que o beneficiário agende uma visita a uma agência do INSS em um município próximo. “O segurado pode fazer esse agendamento através do site  www.meu.inss.gov.br ou telefone 135. Assim, ele pode se deslocar com tranquilidade sabendo o dia e horário que será atendido”, ressalta.

Veja a seguir os serviços que podem ser realizados à distância:

Salário-Maternidade (Urbano)
Extrato Previdenciário (CNIS)
Simulação de Tempo de Contribuição
Histórico de Crédito de Benefício
Carta de Concessão
Resultado da Perícia Médica
Extrato de Empréstimo Consignado
Extrato do Imposto de Renda
Consulta de Declaração de Benefício – Consta/Nada Consta
Consultar a Revisão de Benefício do Artigo 29
Alterar Dados de Contato
Agendar Serviços

Fazer o cadastro no ‘Meu INSS’

Ao acessar o site clicando aqui, o cidadão deve clicar na opção “CRIAR SUA CONTA GOV.BR” que aparece no canto direito da tela e em seguida informar o CPF, o nome completo, a data de nascimento, o nome da mãe e o Estado de nascimento para fazer o login. Em seguida, segurados e beneficiários respondem a cinco perguntas sobre o histórico previdenciário e o seguro-desemprego. Pronto: é gerado, pela internet, um ‘Código de Acesso’, que o cidadão vai trocar por uma senha, que deve conter no mínimo 9 caracteres. É requisito ter também uma letra maiúscula e um caractere especial.

Todo o procedimento leva alguns minutos e o usuário já é habilitado para acessar todas as funcionalidades disponíveis.

Fonte: Portal Infonet

Compartilhar Publicação